Microsoft Edge: usuários reclamam da nova aba de compras a prazo

0
0
Anúncio


Na semana passada, divulgamos aqui no TecMundo que o Microsoft Edge estava ganhando uma nova aba de compras para permitir que os consumidores possam dividir o pagamento em até quatro parcelas. No entanto, se aqui no Brasil adoramos um parcelamento, o mesmo não ocorre nos EUA, e diversos usuários começaram a criticar a nova funcionalidade, acusando a empresa de estar praticando o “bloatware” (inchar o app com penduricalhos inúteis).

O WindowsLatest publicou alguns desses comentários nesta quinta-feira (25). Em um deles, o usuário reclama do acréscimo de recursos indesejáveis, afirmando: “As pessoas só querem um navegador sólido e confiável com menos recursos que distraem. Até os recursos do Bing estão ficando muito agressivos”.

Irritado, outro usuário do Edge afirma: “É impressionante a rapidez com que você pode jogar fora anos de trabalho árduo e boa vontade com um recurso ridículo como este”. Alguns reclamam que o novo recurso irá estimular as pessoas a comprar mais itens com a opção de parcelar suas compras, hábito que não faz parte da cultura norte-americana. “Esta é uma ideia horrível. Cancele este projeto. Você está piorando o seu navegador”, resume outro usuário.

O que fez o Edge 96 para irritar os usuários?

Fonte: Microsoft Edge Insider/Reprodução.Fonte: Microsoft Edge Insider/Reprodução.Fonte:  Microsoft Edge Insider 

Lançado na semana passada pela Microsoft, o Edge 96 trouxe, além de diversas melhorias internas, a opção “Compre agora, pague depois” (BNPL na sigla em inglês) que, segundo um artigo no Blog da Comunidade Insider, “permite que os compradores dividam suas compras em parcelas iguais, geralmente sem juros, o que pode permitir que eles recebam suas compras antecipadamente, em vez de ter que esperar até que seja pago integralmente”.

Essa opção BNPL já é oferecida em diversos sites de ecommerce, como o Target e o Walmart. No Edge, a Microsoft oferece o serviço através de uma parceria com a 3rd party Zip, para permitir que os usuários dividam suas compras diretamente no navegador em quatro parcelas e prazo de até seis semanas.



Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui