Corpos de padres e guia assassinados no México são localizados

0
2

[ad_1]

Crime aconteceu na segunda-feira, 20, na paróquia Francisco Xavier, na cidade de Cerocahui; autoridades buscam ‘El Chueco’, suposto pistoleiro responsável pelas mortes

EFE/Luis TorresCorpos recuperados no México
Corpos foram removidos da paróquia Francisco Xavier, na cidade de Cerocahui

Autoridades do México localizaram nesta quarta-feira, 22, os corpos de dois padres jesuítas e do guia turístico que foram assassinados no início da semana, no município de Urique, no estado de Chihuahua. “Conseguimos localizar e recuperar, e isso foi comprovado pela medicina forense, os corpos dos padres jesuítas Javier Campos e Joaquín Mora, e do guia turístico Pedro Palma”, disse a governadora Maru Campos, governadora do Estado. “Esperamos ter mais informações posteriormente”, acrescentou em mensagem divulgada pelas redes sociais. Na segunda-feira, os padres Javier Campos Morales, de 79 anos, e Joaquín César Mora Salazar, de 80, tentaram proteger um homem que entrou na igreja fugindo de pessoas armadas, mas acabaram mortos. Após o ataque, os corpos foram removidos da paróquia Francisco Xavier, na cidade de Cerocahui, o que causou indignação social.

Desde então, o município segue cercado pelo Exército e acesso à área é restrito. Autoridades tentam localizar José Noriel Portillo Gil, conhecido como “El Chueco”, o suposto pistoleiro que assassinou os padres e o guia. Ele é apontado como chefe de um grupo criminoso que atua no Estado. Os assassinatos dos religiosos fazem parte de uma onda de violência que assola o México e cresce desde 2019. Neste ano, o país já registrou 33.316 homicídios. Segundo o Instituto Nacional de Estatística e Geografia (Inegi), a percepção de insegurança entre os mexicanos aumentou de 65,8% em dezembro de 2021 para 66,2% no último mês de março.

*Com EFE



[ad_2]

Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui