Current track

Title

Artist

Player

Player


Rock in Rio 2021: 10 artistas que poderiam estrear na edição carioca do Festival

Written by on 19 de outubro de 2019

Rock in Rio 2019 terminou há uma semana, e agora a cabeça dos fãs do festival já está na edição de 2021. Pensando nisso, o DIÁRIO DO RIO lista para vocês 10 artistas que poderiam estrear no evento daqui há 2 anos. Confira, em ordem alfabética.Assine Grátis o Diário do Rio

1 – Billie Eilish
A cantora norte-americana de 17 anos é a nova queridinha da música pop mundial. E ela virá ao Rio de Janeiro, em 2020. A apresentação acontecerá no dia 31/05, na Jeunesse Arena, que, por coincidência, fica ao lado do Parque Olímpico, onde é realizado o Rock in Rio. Mas nada se compara a tocar no maior festival de música do planeta, né?

2 – Blink-182
Possivelmente a principal banda de pop-punk do mundo, o lendário trio californiano formado por Mark Hoppus (baixo/voz), Travis Barker (bateria) e Matt Skiba (guitarra/voz) – que antes tinha o icônico Tom DeLonge nesta função – apesar de ter uma legião de fãs brasileiros, nunca tocou por aqui. Seria a oportunidade perfeita, não acham?

3 – Green Day
Mais uma banda californiana, desta vez de punk-rock. O trio liderado por Billie Joe Armstrong (guitarra/voz) com o auxílio de Mike Dirnt (baixo) e Tré Cool (bateria), embora já tenha tocado no Brasil, até hoje nunca se apresentou no Rock in Rio, fato este que chegou até a ser assunto com Roberto Medina, mandatário do festival, em certa oportunidade. Dono de inúmeros hits, o grupo certamente tem público suficiente para comandar uma noite no evento.

4 – Kings of Leon
As definições de ”indie do bom” foram atualizadas desde que a banda norte-americana lançou ”Only by the Night”, seu 4º álbum de estúdio, lançado em 2008, após 8 anos de existência do grupo. Com hits consagrados como ”Use Somobody” e ”Sex on Fire” o trabalho ficou presente em diversas categorias em premiações musicais pelo mundo e indicado a 3 Grammys. A banda, que já esteve no Brasil por 5 vezes, inclusive em festivais como SWU e Lollapalooza, poderia estar presente na próxima edição do Rock in Rio.

5 – Placebo
A banda inglesa de rock alternativo, formada em 1994 e que já esteve em solo brasileiro em algumas oportunidades, tem um público bastante específico. Talvez, não a ponto de lotar a Cidade do Rock, mas isso não seria empecilho para um show memorável.

6 – Radiohead
Outra banda britânica de rock alternativo, porém com um público consideravelmente maior que a anterior. Inclusive, tocaram no Rio de Janeiro em 2018, na Jeunesse Arena. Oriundos dos anos 80, levam um som um pouco ‘depressivo’, digamos assim, o que talvez seja um pouco ‘incoerente’ com a proposta alegre do festival. Mas é justamente isso que a fez ganhar a fama que tem e que a levaria ao Rock in Rio. Vamos ver se acontece, né?

7 – Rage Against the Machine
A ordem alfabética da lista fez com que a banda californiana dos anos 90, com um estilo de som totalmente oposto ao Radiohead, viesse logo em seguida. Com um ‘mix’ clássico de rock e rap, o grupo liderado pelo polêmico Zack de la Rocha possui em suas músicas poderosos riffs de guitarra, que ficam sob responsabilidade do criativo Tom Morello. É muito importante dizer que, oficialmente, o grupo encerrou suas atividades em 2011. Entretanto, com todos os integrantes vivos, por que não pensar numa reunião ‘extraordinária’ para o maior festival de música do mundo?! Com certeza, os fãs brasileiros ficariam ensandecidos ao ouvir ao vivo ”Killing in the Name”, um dos maiores hits de rock dos últimos tempos.

8 – The Rolling Stones
Possivelmente, o principal nome desta singela lista. O lendário grupo britânico de rock (sem sub-gêneros), formado no início da década de 1960 e liderado pelo lendário Mick Jagger, por incrível que pareça, nunca se apresentou na edição carioca do Rock in Rio. Considerada uma das principais bandas da história do rock mundial, os Stones têm um grandiosíssimo público e teriam tudo para fazer um show histórico na Cidade do Rock. Alô, Medina!

9 – The Smashing Pumpkins
Mesclando entre o rock alternativo e o grunge, a banda norte-americana de Chicago do final dos anos 80, que esteve no Brasil em 2015, no Lollapalooza, talvez seja a principal ‘surpresa’ desta lista. Assim como o Placebo, tem um público bastante particular, mas com total potencial para fazer uma apresentação atraente e, quem sabe, até surpreendente no festival.

10 – The Strokes
Um dos principais nomes do estilo ”indie”, a banda novaiorquina formada em 1998 com certeza é pedida certa dos fãs para o festival. Com presença confirmada nos últimos dias para o Lollapalooza 2020, o grupo cabe (e muito) no Rock in Rio 2021 também. Sucessos como ”Reptilia””Someday” e a consagradíssima ”Last Nite” deixariam os fãs completamente eufóricos na Cidade do Rock. Já passou da hora de virem, né?

E aí, faltou alguém na lista? Quem? Conta pra gente 😉


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.